Criolipólise

O que é a criolipólise

Desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, a criolipólise utiliza um equipamento que é colocado na superfície da pele, fazendo as células de gordura serem congeladas a temperaturas negativas para serem destruídas.

Em consequência, o corpo entende que elas não fazem mais parte do organismo e as expele naturalmente, reduzindo em até 25% de gordura localizada. O tratamento vem fazendo tanto sucesso que está sendo chamado de “a nova lipoaspiração”, com a diferença de que esse método, a criolipólise, não é um procedimento cirúrgico.

crio

Como funciona a sessão de criolipólise

É usado uma manta umedecida sobre a superfície da pele para protegê-la, está é totalmente descartável. A máquina promove então uma sucção a vácuo da pele entre os dois painéis, onde será feito o resfriamento.

A pele tracionada é congelada durante cerca de uma hora a uma temperatura aproximada de -5°C a -10°C. A gordura é mais sensível ao frio que os demais tecidos, logo o dano ocorre especificamente nos adipócitos, poupando a pele e músculos.

A gordura sofre cristalização, as células adiposas são destruídas e posteriormente eliminadas pelo sistema imunológico, via sistema linfático. “É um procedimento não invasivo, sem cortes, sem uso de agulhas ou necessidade de anestesia”, esclarece a especialista Ana Camila (Fisioterapeuta Dermato-funcional).